sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

História: O caminhão de madeira


Hoje estou iniciando meu blog! Ebaaaa!!!

Aqui eu vou compartilhar com você histórias de minha autoria, dicas sobre contação de histórias, vídeos e um pouco sobre as minhas experiências com essa arte mágica e encantadora!

Para começar, que tal uma história?

Esse conto eu escrevi inspirando-me em uma experiência real do meu marido com o pai dele!

Comente abaixo para eu saber o que você achou, ok?


ATENÇÃO: Se você ainda não adquiriu o meu E-Book Transforme Vidas Contando Histórias, aproveite enquanto ainda está no valor promocional de lançamento, ok? É só clicar no link abaixo:




O caminhão de madeira


Lívia Alencar

Era uma vez um homem. Um homem-menino. Em meio às preocupações corriqueiras e responsabilidades que chegam com a vida adulta, o menino quase havia desaparecido dentro dele - ou melhor, estava escondido...
Certa tarde esse homem caminhava por uma avenida movimentada quando passou por uma loja. Parou de repente. Não era uma loja de carros importados, nem artigos esportivos, e sim de artesanatos. Alguma coisa ali na vitrine chamara sua atenção. Fixou o olhar. Era um caminhão de madeira, desses de brinquedo. Entrou na loja e dirigiu-se à prateleira. Pegou. Examinou o caminhãozinho por todos os lados, enquanto seus olhos brilhavam. Quem por ele passou naquele momento não podia imaginar a torrente de memórias que tomava conta de sua mente...
Viu-se pequeno, outra vez menino, dentro do carro velho da família com seu pai. Passaram por um vendedor na estrada - era um vendedor de caminhões de madeira. O olhar curioso do menino logo se transformou em querência: “Pai, me dá um caminhãozinho?” O pai lançou um olhar sério para o filho, sem nada dizer. Outras vezes mais o menino passaria com seu pai por aquele vendedor e seus olhinhos fitariam os caminhões de madeira.
Um dia o menino voltou da escola e, para sua surpresa, encontrou um caminhão de madeira em cima da cama! Correu para dar um abraço forte no pai, que explicou: “Fui eu que fiz para você, meu filho.” Brincou a tarde toda. Era seu, só seu, aquele caminhão de madeira! E era especial, porque seu pai o tinha feito. Muitas vezes mais brincou com o caminhão, e como foi feliz naqueles dias!
Essas foram as memórias que passaram pela mente daquele homem-menino. Não conseguiu segurar seu impulso: pegou o celular e discou. “Pai? Oi, pai! Eu queria te contar que estava passando por uma loja e vi um caminhão de madeira, e me lembrei daquele que o senhor fez para mim quando eu era criança, lembra? Eu gostava tanto dele!”
Do outro lado da linha, silêncio total.
Era uma vez um homem. Um homem-ancião, marcado pelas batalhas da vida. Estava esse homem um dia assolado por uma tristeza dessas que vem não sei de onde e teimam em ficar. De repente, o telefone tocou. Era seu filho, que morava bem longe. Ouviu-o e silenciou. Uma torrente de memórias apoderou-se de sua mente...
Viu-se novo, muito mais novo, dirigindo seu carro velho com o filho. Passaram por um vendedor de caminhões de madeira e, naturalmente, o filho lhe pediu um. Ele não soube o que dizer. Mal sobrara dinheiro naquele mês para pagar a gasolina do carro. A comida em casa era pouca. O trabalho de pedreiro era duro. Não tinha dinheiro para presentes. Outras vezes mais passaram pelo vendedor e o menino sempre com aquele olhar.
Decidiu ele mesmo fazer o caminhão. De marcenaria não entendia muita coisa, mas não podia ser tão difícil. Só que foi. Todos os dias, antes de sair para o trabalho de madrugada, trabalhava um pouco no caminhãozinho, serrando a madeira aqui, montando ali. O resultado não foi tão bom quanto gostaria, mas foi o melhor que conseguiu fazer. Acomodou o caminhão sobre a cama do filho antes que ele chegasse da escola. O abraço apertado foi a recompensa pelo trabalho!
Agora, naquele momento, tantos anos depois, o telefonema do filho sobre o caminhãozinho de madeira...
Uma lágrima escorreu por um olho, e atrás vieram outras. Um calor gostoso tomou conta de seu peito e substituiu a tristeza.

Afinal, valia a pena viver!


FIM

Gostou da história? Então eu sei que você vai amar as histórias do meu E-Book:




Clique na IMAGEM ACIMA ou no LINK ABAIXO e aproveite o valor promocional de lançamento:


QUERO APROVEITAR O VALOR PROMOCIONAL DO E-BOOK




514 comentários:

  1. Linda essa história, Lívia!!!
    Quantos de nós não passamos por isso, tanto quando éramos crianças quanto hoje sendo pais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, querida! É verdade! Bjsss!

      Excluir
    2. Amei a história muito emocionante

      Excluir
    3. Essa história me fez voltar ao tempo de criança, em que meu irmão mais velho, hoje caminhoneiro, construiu um caminhão de madeira e me levava para a escola, ele puxando, é claro! e a escola também era perto de casa, não via a hora de terminar a aula para ele vi me buscar. Muito legal! Amei!

      Excluir
    4. Amei ...sua historia me fez chorar ....parabens

      Excluir
    5. Que linda história.Muito emocionante.Adorei!!!

      Excluir
    6. Que linda história.Muito emocionante.Adorei!!!

      Excluir
    7. Amei a história,lembrei-me quando era criança e brincava com coisas muito simples e era feliz.

      Excluir
    8. Linda história, obrigada Lívia Alencar.

      Excluir
    9. Lívia sou sua fã.
      Esta historia nos levar ao tempo de criança e ao tempo de espera. Quando desejavamos algo esperamos muito tempo, as fe um natal ao outro.
      Sentir saudades do meu tempo de menina.
      Parabéns pela emocionante historia!

      Excluir
    10. história linda ,me fez lembra dos tempos de criança,Amei!

      Excluir
    11. Muito obrigada pelo retorno e pelo carinho, meninas!!! Fico muito feliz mesmo que vcs tenham gostado!!!

      Excluir
    12. Belissima história, fez lembrar minha infância. Parabéns.

      Excluir
    13. Amei a história, realmente fica como uma lição de vida para valorizarmos esses momentos tão especiais que a vida nos proporciona!

      Excluir
    14. Uhhmmm muito boa essa história, me fez lembrar quando brincava com as minhas colegas, com barro,argila é isso mesmo ,e sempre tinha os carrinhos para fazer os transportes kkkkkk.

      Excluir
    15. Livia gostei muito da história, mostra o nosso dia a dia!
      Linda mesmo!
      Leva a pensar muito nas nossas origens, voltando um pouco no passado! Simplismente amei

      Excluir
    16. Nossa!!! que maravilha de História. quantos de nós um dia não sonhávamos em ganhar um caminhão ou até mesmo um abraco de pai.

      Excluir
    17. Maravilhosa história!!!😍

      Excluir
    18. Bacana sua história. Parabéns. Sucesso!!!!

      Excluir
    19. Emocionante Livia! Nada melhor que histórias da infância, todos nós temos algumas dessas pra contar. Obrigada por compartilhar conosco!

      Excluir
    20. Nossa!!!! que historia linda ,emocionante toca a alma nos transporta pra dentro da historia ,Parabéns.

      Excluir
    21. Pois é minha querida...Que lição de vida !!! nos remete á ideia de que todos os esforços são válidos para agradar um filho. E que tudo que fizermos hoje refletirá no amanhã. Obrigada por compartilhar conosco lição de vida que só acrescenta em nossas vivências. Um forte abraço.

      Excluir
  2. Linda história amei ,momentos que ficam marcados ,a infância com amor jamais e esquecida ,é um presente feito com amor ,esse é o que tem mais valor !!!

    ResponderExcluir
  3. Linda!! Emocionante! Não tenho nem palavras!!! Parabéns! Você tem um dom maravilhoso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, minha querida!!! Bjsss!

      Excluir
    2. Nossa, chorei muito lembrei de uma cadeirinha que meu pai me fez.me emocionei muito.

      Excluir
  4. Bela história!! Uma lição de amor e gratidão! Educar os filhos mostrando a eles os verdadeiros valores humanos,a consequência será um legado de amor, respeito, honestidade e gratidão. Parabéns pelo blog, Lívia é obrigada por compartilhar suas experiências!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, muito emocionante, mas muito amor. Linda.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Linda história! ! Sensibiliza pela verdade das vontades de cada personagem...o menino com seu sonho e o pai com sua angústia...Que bom que nesta história o final foi feliz para ambos!! Obrigada por compartilhar conosco!! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Belíssima história! Parabéns pela narrativa.Sucesso como escritora. Grande abraço. Eloísa Ávilla.

    ResponderExcluir
  8. Linda história, me emocionei, me fez lembrar do meu falecido e querido pai, sempre dando um jeito de agradar os filhos, obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  9. Linda história, me emocionei, me fez lembrar do meu falecido e querido pai, sempre dando um jeito de agradar os filhos, obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  10. Amei a história e me fez lembrar a minha infância, porque também gostava muito de brincar com minhas bonecas de pano feitas por uma tia.
    E lembro como muito carinho. São coisas que hoje estão sendo banalizadas e que precisamos resgatar.

    ResponderExcluir
  11. Adorei, viajei com sua história, como seria bom lembrarmos de quem amamos sem precisar de algum objeto ou cheiro de algo, mas sim com o coração. Obrigada. E vou contar para meus alunos. Era uma vez!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Linda historia, os pais sempre se sacrificam pelos filhos, mas é um sacrifício bom que é super recompensado com os abraços e beijos que vem.
    Essa historia é bem assim, nos faz pensar e emociona.
    Parabéns e obrigada pela leitura.

    ResponderExcluir
  13. Muito emocionante está história, são coisas que marcam pra sempre.

    ResponderExcluir
  14. Muito emocionante está história, são coisas que marcam pra sempre.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Lívia, essa história me faz pensar em quantas vezes nos importamos apenas com o nosso olhar para os fatos sem nos colocar no lugar do outro,quando aprendemos a ser humanos de verdade as dificuldades tornam lindas histórias como essa. bjosss

    ResponderExcluir
  16. Parabéns linda história. Quero muito fazer o curso avançado assim que der quero fazer.

    ResponderExcluir
  17. Perfeita! Linda! Emocionante! Chorei...

    ResponderExcluir
  18. Linda, ao ler escorreu lágrimas dos meus olhos também. O final é bacana.

    ResponderExcluir
  19. Você toca a alma da gente com delicadeza e sensibilidade. Obrigada por trazer tanta beleza com esse trabalho.

    ResponderExcluir
  20. A vida é mesmo um grande livro pronto para ser lido e relido, levando-nos a refletir e superar momentos de fraqueza! Muito linda esta história!

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Amei a história! Parabéns, Lívia! Esse texto retrata um tempo antigo, quando as crianças não tinham tanto contato com a tecnologia e valorizavam as coisas simples e ainda sabiam brincar. Muito bom para trabalhar valores!

    ResponderExcluir
  23. Linda sua história Livia. Parabéns. Continue assim. Muito bom. 👏

    ResponderExcluir
  24. Linda sua história Livia. Parabéns. Continue assim. Muito bom. 👏

    ResponderExcluir
  25. Muito edificante a sua história
    SOMOS vítimas do tempo. Mas jamais do Amor.

    ResponderExcluir
  26. Muito linda a história, emocionante, além do mais traz muitos valores e aprendizados. Parabéns 👏👏

    ResponderExcluir
  27. Linda história...Emocionante e teve o poder de me transportar para lembranças já esquecidas da minha infância.Adorei.

    ResponderExcluir
  28. Sem palavras para descrever o tamanho a beleza que está história trás parabéns Lívia

    ResponderExcluir
  29. Linda a história Lívia... posso recontar em minha sala de aula?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  30. Belíssima história, parabéns 🌹

    ResponderExcluir
  31. Belíssima. Revivi minha infância. Momentos marcantes.

    ResponderExcluir
  32. Belíssima. Revivi minha infância. Momentos marcantes.

    ResponderExcluir
  33. Depois que perdi meu pai às histórias como está ganharam outra dimensão, devemos aproveitar cada minuto, pois eles não são eternos.

    ResponderExcluir
  34. Livia muito emocionante essa história.

    ResponderExcluir
  35. que história linda .uma lição para nós.memórias nunca saem da nossa mente

    ResponderExcluir
  36. GILMARA SOARES LINDA HISTÓRIA ME FAZ VOLTAR AO TEMPO

    ResponderExcluir
  37. Que linda história!!E até me emocionei,pois fala um pouco da ausência nossa na vida das pessoas que amamos,e que muitas vezes colocamos a culpa no tempo.

    ResponderExcluir
  38. Linda sua história! Fez rolar de meus olhos tantas quantas lágrimas estiveram em sua narrativa! Vc está de parabéns!

    ResponderExcluir
  39. Sua história é linda Parabéns !

    ResponderExcluir
  40. Esta é a história que representa muitas famílias. Embora a emoção de ler seja tão singular e emocionante, a história ganhou vida, por pessoas especificas, e certamente, para estas, o bombardeio de sentimento é muito próprio. Faço idéia da felicidade e do orgulho que sentem em poder ver a realidade escrita e compartilhada, servindo de espelho para muitos.
    Desejo que tenhamos um mundo de Pais esforçados e apaixonados por seus filhos e que de igual modo, tenhamos filhos gratos, honestos e honrados.
    Que o melhor da educação e do reflexo, se conserve nas atitudes e não somente em palavras. Que as pessoas se empenhem em gastar tempo, para dar e receber amor, para ensinar, para transformar, para nutrir pessoas que valham a pena se espelhar. Que ninguém perca a esperança e desacredite, que a vida vale a pena ser vivida.

    ResponderExcluir
  41. Muito linda a história! Afinal o que mais marca nossa infancia e nossa vida, são as coisas feitas com amor e de quem nós amamos!

    ResponderExcluir
  42. Muito linda, sua história. Vê-se que és muito talentosa! Obrigada por compartilhar de seu talento!

    ResponderExcluir
  43. Linda mesmo!! Traduz uma realidade que ainda nos rodeia.Meu pai fazia carreta, bicicleta de arame dentre outros brinquedos. Tempo bom de mais...Parabéns!!

    ResponderExcluir
  44. Muito linda e emocionante essa história! Gostei muito, obrigada por compartilhar... Pois é através da simplicidade e delicadeza que são expressados os melhores sentimentos... Isso sim é riqueza!
    Abraço! E mais uma vez, muito obrigada ;)

    ResponderExcluir
  45. Nossaaaaaaa, que história em, linda, maravilhosa... confesso que fiquei revivendo cada palavra da mesma ... e mais além de emocionante é reflexiva .... Parabéns Lívia ... já pensou em transforma-la em um livro? Compraria com maior gosto <3

    ResponderExcluir
  46. adorei a história, afinal essas histórias que retratam a realidade são sempre as melhores pq a gnt se insere neles...parabéns Lívia!!!

    ResponderExcluir
  47. muito linda história. como faz lembar de nossa infancia tão pobre sem ter dinheiro para brinquedos. E todos que a gente brincava eram criados com materiais reciclados. Fui muito feliz assim. Meu pai me deixou como herança dignidade, humildade, respeito, amor e exemplo!

    ResponderExcluir
  48. Esta história é muito interessante e certamente remonta a tantas histórias similares vividas por crianças de uma geração cuja brincadeira de infância tinha o sentido bem diferente dos dias atuais. muitos de nós temos em nossas lembranças algo parecido,por isto nos sentimos representado por ela. O maior destaque da história é a marca dialética da visão do pai em um outro momento já distante, provocando importantes lembranças.

    ResponderExcluir
  49. Eu amei. Até chorei. Um choro bom de saudades. Parabéns

    ResponderExcluir
  50. Eu amei. Até chorei. Um choro bom de saudades. Parabéns

    ResponderExcluir
  51. Linda estória e me fez voltar a infãncia no interior de Vassoura,onde eu queria apenas ganhar uma boneca com cabelo,mas o meu não tinha como me dar a tal boneca,,,mas ganhei o boneco de pernas tortinhas que se chamava Para-Pedro... bem pequeno que vestia um shortinho ou um pedaço de pano amarrado entre as perninhas e na cintura,amei... hoje recebo doaçoes de brinquedos e principalmente,bonecas lindas que alegram tantas meninas que como eu ainda sonham em ganhar apenas uma boneca..

    ResponderExcluir
  52. Parabéns Lívia Alencar. Seu talento é nato. Tudo o que toca vira ouro. direi a história, maravilhosa e encantadora.

    Quero mais e mais

    ResponderExcluir
  53. Adorei sua história , é como se voltássemos ao passado e revesse a nossa própria infância, quantas vezes nossos pais faziam os nossos brinquedos pois , o dinheiro era curto. Outras vezes nós mesmos os inventávamos para brincar ! Parabéns ....

    ResponderExcluir
  54. Muito emocionante Lívia, parabéns.

    ResponderExcluir
  55. Amei a história!!
    Essa história fez me lembrar da minha infância, meu irmão tbm teve um caminhãozinho de madeira que ganhou da nossa avó.
    Como é bom recordar, lembranças agradáveis que passam pela nossa mente por alguns segundos.
    Parabéns Livia!!

    ResponderExcluir
  56. Muito bonita esta história! Faz-me lembrar muitos momentos felizes da minha infância, que recordo com saudade.

    ResponderExcluir
  57. Parabéns!que história linda e emocionante.Fiquei pensando que devemos valorizar nossos pais,valorizar os momentos com eles, mesmos com dificuldades financeiras. Sempre com amor.

    ResponderExcluir
  58. Muitas vezes os pais não ouvem os filhos, não os vê como crianças que precisam brincar. E muitos filhos esquecem a luta dos pais, para lhes fazerem felizes.

    ResponderExcluir
  59. Amei, linda a história e realmente muitos se encontra no meia das palavras e sentimentos...Lindo!

    ResponderExcluir
  60. Linda história, com certeza é um pedacinho de cada um de nós!

    ResponderExcluir
  61. Ameei a historia, realmente me emocionei!! Obrigada por compartilha-la conosco!!!

    ResponderExcluir
  62. Muito boa a história! Mim veio nesse momento (leitura)várias memórias de minha infância
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  63. Parabéns Lívia!
    Com certeza muito leitor se identifica e a nova geração, tão acostumada a brinquedos tecnológicos, viaja na história e resgata valores.
    Amei!

    ResponderExcluir
  64. Linda História Lívia! Emocionante ♥ Faço minhas as palavras da Rosangela Moura essa história resgata valores :)

    Débora.

    ResponderExcluir
  65. Ai que delícia de história, li com muito entusiasmo que não percebi que a história havia acabado, queria mais e mais rs, entrei realmente na história. Parabéns amei!

    ResponderExcluir
  66. Que linda história! Parabéns Lívia!

    ResponderExcluir
  67. Amei realmente é uma história que mexe ao nosso coração, me emocionei.
    Que Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
  68. Vivo essa história toda vez que vejo uma boneca de pano.linda história amiga!!!

    ResponderExcluir
  69. ADOREI A HISTÓRIA.DAR UM CALORZINHO NO CORAÇÃO E UMA VONTADE DE CHORAR....LINDA,LINDA.

    ResponderExcluir
  70. Linda história, me emocionei e pensei o quanto seria bom conta-la aos meus escoteiros numa noite de acampamento para incetiva-los a valorizar seus pais.

    ResponderExcluir
  71. Linda história,toca profundamente no nosso íntimo. Como é belo relembrar boas memórias.
    Você é uma pessoa iluminada.

    ResponderExcluir
  72. Parabéns! Linda história, nos faz pensar na infância..

    ResponderExcluir
  73. Parabéns! Linda história, nos faz pensar na infância..

    ResponderExcluir
  74. Nossa, sem palavras, emocionante!

    ResponderExcluir
  75. nossa muito linda essa historias
    adorei

    ResponderExcluir
  76. Cheia de vida,de realidade de vivência essa sua história,por incrível que pareça meu pai construía brinquedos de madeira,e construiu um caminhão para meus irmãos e mobílias de bonecas para nós meninas.Linda sua história.amei!

    ResponderExcluir
  77. nossa emocionante...reproduz nossa infância.

    ResponderExcluir
  78. Parabéns
    Você escreve muito bem.
    O presente deixou uma memória afetiva,tanto no pai como no filho, tornado os dois mais unidos,e gratos.

    ResponderExcluir
  79. Interessante... me fez recordar coisas da infância. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  80. Não chorar! Missão impossível essa que você nos deu. Linda história, eu (super) amei. ME lembrei de muitas memórias boas e da infância muito bem aproveitada por mim e pelos meus irmãos.

    ResponderExcluir
  81. Como não chorar, linda história, história que mostra os verdadeiros valores da vida.

    ResponderExcluir
  82. nossa muito linda a historia amei que Deus continua te abençoando livia

    ResponderExcluir
  83. Linda historia parabéns que Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  84. Nossa como é bonita essa história, é uma lição para nós aproveitarmos mais a vida.

    ResponderExcluir
  85. Linda a história me emocionei ,parabéns! Me fez relembrar muitas coisa da infância bacana. Pensei em conta-la em alguma reunião de pais bacana né?

    ResponderExcluir
  86. Parabéns, muito linda sua história!
    É de sua autoria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida! Sim, é de minha autoria! Que bom que você gostou! Bjs!

      Excluir
    2. Que história mais linda. Chorei um pouquinho rsrs... Parabéns essa história é linda demais!

      Excluir
  87. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  88. Uma história bem real! Nos tempos de hoje, pode fazer os adolescentes pensarem sobre seus pedidos aos pais.

    ResponderExcluir
  89. Linda história...pudemos sentir uma inchurrada de lembranças vindo a mente...muito bom.

    ResponderExcluir
  90. Linda história...pudemos sentir uma inchurrada de lembranças vindo a mente...muito bom.

    ResponderExcluir
  91. Essas memórias afetivas, nos dão forças para outras tantas conquistas à frente.
    Amei!
    Linda história!

    ResponderExcluir
  92. Que história linda e emocionante. Parabéns

    ResponderExcluir
  93. Parabéns pela criatividade e sensibilidade!!!!

    ResponderExcluir
  94. Boa história! Clara, objetiva,vocabulário fácil. Me imaginei na cena. Parabéns!

    ResponderExcluir
  95. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  96. Linda essa história. Eu tenho certeza que muitos que leram relembraram sua infância. Eu vou contar essa história para meus alunos.

    ResponderExcluir
  97. Ah, as nossas memórias nos remetem as mais sublimes lembranças! Tenho muitas memórias de infância e gostaria de escreve-las, assim como você. Daria excelentes histórias! Amei a sua Lívia!

    ResponderExcluir
  98. Que lindo! "Tente não chorar".Impossível não se emocionar com uma lembrança de infância tão boa, num relacionamento seguro entre pai e filho! Em tempos tão conturbados, onde o amor anda escondido, nada melhor que memórias como essa para aquecer o peito... Obrigada!

    ResponderExcluir
  99. Linda história, os pais realmente sempre buscam ver um sorriso no rosto dos filhos. Meu esposo certa vez usou o dinheiro do almoço do mês, simplismente porque nosso filho de 1ano ficou admirando uma criança brincando com um velocípede.Então ele não pensou duas vezes e comprou um velocípede só para ver o sorriso no rosto do nosso filho.

    ResponderExcluir
  100. Muito linda essa história, lembranças de infância sempre emocionam!

    ResponderExcluir
  101. Parabéns, eu amei a história, emocionante! Me fez lembrar dá minha infância, veio um turbilhão de memórias! Obrigada!

    ResponderExcluir
  102. Lindo demais. Realidade de muita família... Dificuldades financeiras... Mas muito amor envolvido. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  103. Lívia,
    Que linda história...emocionante!
    E eu contei a história de Maria Angula(por indicação sua) e foi um sucesso...os meninos adoraram!
    Obrigada pelas dicas e PARABÉNS pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
  104. Muito bacana, gosto bastante de histórias reais, e que são encantadoras e cheias de mágia. Gostei muito

    ResponderExcluir
  105. uma linda história. conta a realidade de muitos...
    adorei, parabéns

    ResponderExcluir
  106. Belíssima historia.... Memorias de infância fantástico.

    ResponderExcluir
  107. Parabéns! Linda história,não tem como não se emocionar!

    ResponderExcluir
  108. MUITO EMOCIONANTE, TEM COISAS NA VIDA QUE NÃO TEM PREÇO!

    ResponderExcluir
  109. Que história linda Lívia,me fez recordar é até chorar. Amei!!

    ResponderExcluir
  110. Oiiiiiiii Lívia adorei essa história, muito emocionante!!!
    Minha pequena adorou!!
    Sou sua fã!!!

    ResponderExcluir
  111. Linda doce história! ! Os pequenos gestos e atitudes, já mais se esquecem!!! Toda boa ação, tem sua recompensa! ! Parabéns

    ResponderExcluir
  112. Realmente é de se emocionar, linda história, muito obrigada por compartilhar seu talento conosco. Bjs

    ResponderExcluir
  113. Livia que delicadez...parabens adorei a historia bjs

    ResponderExcluir
  114. Muito linda essa história, nos faz refletir sobre coisas e situações que não têm preço...

    ResponderExcluir
  115. Muito linda essa história, nos faz refletir sobre coisas e situações que não têm preço...

    ResponderExcluir
  116. Muito linda essa história, nos faz refletir sobre coisas e situações que não têm preço...

    ResponderExcluir
  117. Nada como ter histórias de nossas famílias para sempre relembrar. Linda história, Lívia, e obrigada por compartilhar. E sucesso para seu blog.

    ResponderExcluir
  118. Linda história, emocionante. Me trouxe de volta muitas lembranças esquecidas, dá minha vó fazendo boneca de pano pra mim. Não me contive e chorei sim! Obrigada

    ResponderExcluir
  119. Linda história Lívia! Fez me lembrar de momentos que passei em minha infância!

    ResponderExcluir
  120. linda história, como não lembrar da infância, como não recordar e reviver o amor, o carinho, o gostinho doce de ser criança.

    ResponderExcluir